sexta-feira, 27 de abril de 2007

Um bom negócio...

No início dessa semana o Atlético-MG fez uma boa parceria com o time DC United, de Washington, capital dos Estados Unidos. Um grande negócio para o time yankee, pois o Galo vai passar ao DC United conhecimento e capacidade em relação ao trabalho de formação de atletas. Todo mundo que conhece um pouco de futebol, deve reconhecer que a categoria de base do Atlético é uma das melhores do Brasil. Em troca disso, o Galo vai aproveitar a experiência dos americanos em gestão, marketing, operações, coleta e análise de dados estatísticos, exploração da marca do clube em dias de jogos e gestão de clínicas de futebol. Sem dúvida uma grande parceria, pois todo mundo sabe também que a diretoria do Atlético aproveita muito mal a força que o clube tem, além de sempre fazer péssimos negócios. O coordenador do departamento amador do DC United, John Maessner e o consultor e ex-ídolo do clube, o boliviano Etcheverry, vão visitar a Cidade do Galo em junho. Isso porque o acordo pode envolver a ida de jogadores do Galo para o clube dos Estados Unidos e a vinda de atletas do DC para intercâmbios no Brasil, além de intercâmbio entre as comissões técnicas das duas equipes. Resta esperar para ver no que vai dar essa parceria. Para aproveitar... Já que o assunto é o Galo, é bom sublinhar a partida que a equipe faz no fim de semana contra seu eterno arqui-rival, Cruzeiro, pelo primeiro jogo das finais do Campeonato Mineiro. Aliás, o Campeonato Mineiro é é o único Campeonato de grande importância que terá dois grandes na decisão. É sempre difícil opinar sobre o resultado quando se trata de Atlético e Cruzeiro. Mesmo assim vou arriscar meu palpite. Dessa vez dá Galo. Tudo bem que o time atleticano não está lá essas coisas, mas está embalado. É preciso que uma coisa esteja bem clara: o Cruzeiro não tem um bom time. Isso é fato! Torcedores e jornalistas do Brasil inteiro não tiram da cabeça as atuações daquele Cruzeiro fantástico de 2003 com Luxemburgo, Alex e Cia Limitada! Mas estamos em 2007, e a Raposa é só badalação! Nem o "mosquitinho azul" ou o Giovanni que fizeram parte de uma geração de ouro do Cruzeiro têm resolvido o problema. É só apertar um pouquinho que desarma tudo. É só ver que a equipe foi desclassificada peo Brasiliense na Copa do Brasil. Não jogou bem em nenhum dos dois jogos, o primeiro no Mineirão então... nem se fala! No segundo, o time não mostrou organização e não conseguiu o resultado. Um bom time, que foi apontado como o favorito (!) com certeza faria melhor. Mas também não dá para negar que o Atlético também não tem um grande elenco. Mas o time está bem entrosado, desde as disputas dos jogos pela série B do Brasileirão. Por mais que série B não seja um campeonato dificílimo, serve, pelo menos para o time ganhar moral. E foi o que aconteceu com o Galo, que subiu com moral, está entrosado e embalado. Mas como diria Luxemburgo: clássico é clássico e vice-versa. Mas minhas fichas vão todas pro Galo de Minas!

Um comentário:

felipe vidal disse...

Dá-lhe GALO! É nois!!! 3x0 no primeiro jogo e 2x1 no segundo. E eu, festejando na massa. É nois, é nois!!! GALOOOOOOOOOOOO.